Veja, ao ler este artigo, como funciona o processo básico de importação de produtos da China.

Como Importar da China: Um Artigo para Negócios de Sucesso!

A importação de produtos da China é uma estratégia popular para empresas e empreendedores que desejam expandir seus negócios, reduzir custos de produção ou simplesmente adquirir mercadorias exclusivas. E esse processo de importação envolve uma série de etapas que exigem planejamento e pesquisa. Neste Artigo, vamos explorar o passo a passo para importar com sucesso da China.

A maioria da importação de produtos do Brasil vem da China, chegando á 21% do total de importações, chegando a 177,3 bilhões no Ano de 2022.

Os 5 principais produtos importados da China são: equipamentos de telecomunicações, válvulas e tubos termiônicos, compostos orgânicos e inorgânicos, Indústria de Transformação e Adubos ou fertilizantes.

Pesquisa de Mercado e Produtos

O que importar da China?

O primeiro passo na importação da China é a pesquisa. Você precisa identificar quais produtos deseja importar e realizar uma análise de mercado. Considere fatores como demanda, concorrência e margens de lucro. Certifique-se de escolher produtos que tenham um público-alvo sólido e sejam adequados ao seu nicho de mercado.

Encontre Fornecedores Confiáveis

Encontrar fornecedores confiáveis na China é crucial. Sites como Alibaba, Global Sources, Made-in-China e DHgate são ótimos lugares para começar sua pesquisa. Leia as avaliações dos fornecedores, verifique os anos de experiência e a reputação da empresa. Entre em contato com vários fornecedores para obter cotações e discutir detalhes sobre os produtos, se você tiver a oportunidade, faça uma visita à China e conheça seus fornecedores.

Negociação e Contratos

Após identificar fornecedores potenciais, inicie o processo de negociação. Discuta preços, prazos de entrega, quantidades mínimas de pedido e quaisquer outras condições relevantes. Certifique-se de que todos os acordos estejam por escrito em um contrato formal para evitar mal-entendidos futuros.

Questões de Qualidade e Amostras

Antes de fazer um pedido em grande quantidade, peça amostras dos produtos. Isso permitirá que você avalie a qualidade e verifique se atendem às suas expectativas. Se necessário, você pode solicitar modificações antes de confirmar o pedido completo.

Questões Aduaneiras e Tarifas

Esteja ciente das regulamentações alfandegárias e tarifas que se aplicam à importação de produtos da China para o seu país. Verifique os impostos de importação, documentação necessária e outros requisitos alfandegários. Considere a contratação de um despachante aduaneiro para facilitar esse processo também.

Mas quais impostos terei que pagar?


Em casos de importação de China para o Brasil, são aplicados pelo menos 5 impostos principais, eles são necessários para a Nacionalização dos produtos para comercialização em território brasileiro.
Os Cinco principais já mencionados são:


Imposto de Importação (II): Este imposto federal é aplicado quando a mercadoria estrangeira entra no Brasil, variando de 0% a 35% com base no produto importado.


Imposto de Produtos Industrializados (IPI): Incide sobre produtos resultantes de processos industriais, independentemente de onde esses processos ocorreram. Sua alíquota depende do produto importado.


Programa de Integração Social (PIS): Destinado ao Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) para financiar seguros e benefícios aos trabalhadores de empresas privadas.


Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (COFINS): Voltado para a saúde pública, segurança e previdência social no Brasil.


Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS): Imposto estadual cuja alíquota varia de um estado para outro e é recolhido no estado de destino da carga.

Logística e Transporte

Decida sobre o método de transporte que melhor se adapta às suas necessidades. As opções incluem transporte marítimo e transporte aéreo. Considere os prazos de entrega, custos e a sensibilidade do seu produto ao tempo. Lembre-se de que o transporte marítimo é geralmente mais econômico, mas leva mais tempo.

Em casos de Dúvidas, entre em contato conosco que iremos lhe auxiliar em todo esse processo Logístico!

Prazos de Entrega e Acompanhamento

Mantenha um cronograma claro e acompanhe o status do seu pedido regularmente. Esteja preparado para lidar com atrasos potenciais devido a problemas logísticos ou alfandegários. A comunicação eficaz com seu fornecedor é fundamental.

Recebimento e Inspeção

Quando os produtos chegarem ao seu destino, inspecione-os cuidadosamente para garantir que atendam aos padrões de qualidade acordados. Verifique a quantidade e a qualidade dos itens. Se houver problemas, comunique-se com o fornecedor para resolver as questões.

Armazenamento e Distribuição

Decida onde armazenar os produtos importados e planeje sua estratégia de distribuição. Você pode optar por usar um armazém próprio ou serviços de terceiros, dependendo do volume de estoque e da logística.

Marketing e Vendas

Finalmente, promova seus produtos importados da China e integre-os à sua estratégia de vendas. Considere os canais de distribuição, estratégias de marketing e preços para maximizar seus lucros.


Importar da China é uma oportunidade de crescimento significativa para o seu negócio, mas lembre-se de que é um processo que exige planejamento, pesquisa e diligência. Para garantir o sucesso, é essencial trabalhar com fornecedores confiáveis, seguir as regulamentações e estar preparado para enfrentar desafios ao longo do caminho.

Em caso de dúvidas sobre importação e logística, a KRG Logistics está à disposição para ajudar. Estamos aqui para você!

Como Importar da China: Um Artigo para Negócios de Sucesso!

Como Importar da China: Um Artigo para Negócios de Sucesso!

Nos acompanhem

Mais Posts

Inscreva-se

Solicite sua cotação